Os partidos que lideram a 10 dias das eleições


Pouco mudou nos últimos nove dias
POR JOÃO COSTA • 06/11/2020

Há 9 dias, o Pindograma publicou uma matéria mostrando quais partidos lideravam nas mais de 500 cidades listadas em nosso agregador de pesquisas. Hoje, voltamos aos mesmos municípios para ver como (e se) as corridas mudaram nos últimos dias.

O quadro geral das corridas permanece o mesmo. Depois das corridas em que os eleitores ainda estão indecisos ou pretendem anular seus votos, o Centrão e associados ainda são os partidos que mais lideram nas intenções de voto. Partidos de centro-direita continuam com mais favoritos que os de esquerda. Enquanto isso, legendas mais ideológicas seguem com poucos líderes nas pesquisas. (Note-se que consideramos todos os candidatos em empate técnico com o candidato em primeiro lugar como líderes).

Número de candidatos liderando pesquisas em eleições municipais
27/out 5/nov Mudança
Republicanos 21 22 +1
Progressistas 50 49 -1
PDT 24 23 -1
PT 22 24 +2
PTB 18 20 +2
MDB 78 80 +2
PSL 2 4 +2
PODE 13 16 +3
PSC 8 9 +1
PL 29 31 +2
CIDADANIA 6 8 +2
DEM 51 52 +1
PSB 31 29 -2
PV 5 6 +1
PSDB 58 61 +3
PSOL 2 2 +0
PATRI 5 7 +2
PSD 64 64 +0
PCdoB 7 8 +1
Avante 4 4 +0
SD 11 11 +0
PROS 4 4 +0
Branco/Nulo 120 108 -12

A principal mudança é que 12 corridas agora têm um candidato como líder das intenções de voto, em vez de votos brancos, nulos ou indecisos. Os partidos que não lideravam em nenhuma cidade há 9 dias continuam sem liderar cidade alguma – é o caso da Rede Sustentabilidade e do Partido Novo.

Somando ganhos e perdas, a esquerda e centro-esquerda (PT, PSOL, PSB, PDT, PC do B) continuam com o mesmo número de lideranças, 86. A direita e centro-direita (PSDB, PV, PSL, Patriota, Cidadania) agora lideram em 7 novas cidades totalizando 86 corridas também. Partidos associados ao Centrão (Republicanos, PP, PTB, MDB, PODE, PSC, PL, DEM, PSD, Avante, Solidariedade, PROS) foram o grupo que mais cresceu, indo para 362 lideranças.

Também tivemos novas pesquisas em cidades para as quais ainda não havia sondagens 9 dias atrás. Mesmo incluindo elas, o quadro não destoa muito do que já havíamos visto:

No entanto, o quadro pode mudar nos próximos dias. Não é incomum que as pesquisas sofram grande variação na última semana antes das eleições municipais.


NOTA: O Pindograma assume, para os cálculos dessa matéria, que a margem de erro de todas as pesquisas é de 3%.

Dados utilizados na matéria: Resultados de Pesquisas Eleitorais (Pindograma).

Contribuíram com dados: Daniel Ferreira e Pedro Fonseca.

Para reproduzir os números citados, o código e os dados podem ser encontrados aqui.

[Gostou do nosso conteúdo? Siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram.]

foto do autor

João Costa é repórter do Pindograma.

Os partidos que lideram a 10 dias das eleições

Pouco mudou nos últimos nove dias

POR JOÃO COSTA

06/11/2020

Há 9 dias, o Pindograma publicou uma matéria mostrando quais partidos lideravam nas mais de 500 cidades listadas em nosso agregador de pesquisas. Hoje, voltamos aos mesmos municípios para ver como (e se) as corridas mudaram nos últimos dias.

O quadro geral das corridas permanece o mesmo. Depois das corridas em que os eleitores ainda estão indecisos ou pretendem anular seus votos, o Centrão e associados ainda são os partidos que mais lideram nas intenções de voto. Partidos de centro-direita continuam com mais favoritos que os de esquerda. Enquanto isso, legendas mais ideológicas seguem com poucos líderes nas pesquisas. (Note-se que consideramos todos os candidatos em empate técnico com o candidato em primeiro lugar como líderes).

Número de candidatos liderando pesquisas em eleições municipais
27/out 5/nov Mudança
Republicanos 21 22 +1
Progressistas 50 49 -1
PDT 24 23 -1
PT 22 24 +2
PTB 18 20 +2
MDB 78 80 +2
PSL 2 4 +2
PODE 13 16 +3
PSC 8 9 +1
PL 29 31 +2
CIDADANIA 6 8 +2
DEM 51 52 +1
PSB 31 29 -2
PV 5 6 +1
PSDB 58 61 +3
PSOL 2 2 +0
PATRI 5 7 +2
PSD 64 64 +0
PCdoB 7 8 +1
Avante 4 4 +0
SD 11 11 +0
PROS 4 4 +0
Branco/Nulo 120 108 -12

A principal mudança é que 12 corridas agora têm um candidato como líder das intenções de voto, em vez de votos brancos, nulos ou indecisos. Os partidos que não lideravam em nenhuma cidade há 9 dias continuam sem liderar cidade alguma – é o caso da Rede Sustentabilidade e do Partido Novo.

Somando ganhos e perdas, a esquerda e centro-esquerda (PT, PSOL, PSB, PDT, PC do B) continuam com o mesmo número de lideranças, 86. A direita e centro-direita (PSDB, PV, PSL, Patriota, Cidadania) agora lideram em 7 novas cidades totalizando 86 corridas também. Partidos associados ao Centrão (Republicanos, PP, PTB, MDB, PODE, PSC, PL, DEM, PSD, Avante, Solidariedade, PROS) foram o grupo que mais cresceu, indo para 362 lideranças.

Também tivemos novas pesquisas em cidades para as quais ainda não havia sondagens 9 dias atrás. Mesmo incluindo elas, o quadro não destoa muito do que já havíamos visto:

No entanto, o quadro pode mudar nos próximos dias. Não é incomum que as pesquisas sofram grande variação na última semana antes das eleições municipais.


NOTA: O Pindograma assume, para os cálculos dessa matéria, que a margem de erro de todas as pesquisas é de 3%.

Dados utilizados na matéria: Resultados de Pesquisas Eleitorais (Pindograma).

Contribuíram com dados: Daniel Ferreira e Pedro Fonseca.

Para reproduzir os números citados, o código e os dados podem ser encontrados aqui.

[Gostou do nosso conteúdo? Siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram.]

foto do autor

João Costa

é repórter do Pindograma.

newsletter

Para receber notificações de novas matérias,

digite seu email:

(e aperte enter!)